Blog

Blog

31 de Janeiro de 2019

Marca: um trabalho além dos olhos do consumidor

Apesar da grande variedade de segmentos corporativos, nos dias de hoje é possível notar uma similaridade entre todos eles. Estamos falando especificamente do trabalho de comunicação e das marcas tendo um papel cada vez mais importante no processo de influência de seus consumidores.

Quando analisamos as empresas sob essa perspectiva, fica claro que o papel da comunicação é a base para a formação da imagem e reputação das empresas, seja ela positiva ou negativa.

Marcas corporativas não são uma novidade para as empresas. Até alguns anos atrás, os consumidores relacionavam as empresas e a sua “marca” a aspectos visuais, como os logotipos. Porém, de uns tempos para cá, os consumidores estão cada vez mais engajados em envolver-se com empresas pelas quais sentem a troca de uma espécie de sentimento empático, obrigando as empresas que querem se manter relevantes a atribuírem valores bem definidos ao seu negócio. E, por favor, que estes valores sejam reais e cumpridos à risca.

O conceito de marca corporativa envolve vários tipos de processos que precisam ser bem definidos: a identidade visual, os valores, o posicionamento e a forma de se relacionar com o público. A prévia definição de cada um dos itens, que precisa ser feita através de um planejamento, faz com que eles sejam funcionais tanto de forma independente, quanto ao serem atrelados uns aos outros.

A identidade visual continua sendo a principal ferramenta de reconhecimento das organizações, por isso, procurar profissionais capacitados para o desenvolvimento do logotipo da sua empresa é muito importante! Seja para a criação de uma nova identidade ou para o redesign de uma marca que já existe, por exemplo.

Os valores da sua empresa vão muito além do produto ou serviço que você oferece. Sua empresa precisa de uma personalidade, que só pode ser desenvolvida a partir do momento em que você identifica o perfil do seu público-alvo. Ao fazer esta análise, você é capaz de definir valores que criarão uma atmosfera adequada ao seu público – essa atmosfera condiz com as possibilidades da sua empresa.

Ter um posicionamento é outro fator importante. Ao se posicionar você está criando um território para a sua marca na cabeça das pessoas. Independentemente de qual seja o seu posicionamento, ele precisa ser bem estabelecido para ser eficaz. Sua marca pode ser a mais ágil, a mais avançada, ou, até mesmo, se posicionar abaixo de outras marcas. Tudo vale desde que seja bem estruturado e ofereça algum tipo de diferencial!

Por último, mas não menos importante do que outros itens, é a forma de se comunicar com o seu público. Os textos são tão eficazes quanto a parte visual de uma marca. Eles são responsáveis por fixar as suas ideias, portanto, devem ser bem pensados para cada um dos públicos ou para o segmento a qual a sua empresa pertence.

Pois é, ter uma marca é uma grande responsabilidade que vai muito além do que é perceptível aos olhos do público. Por isso, ter todas as propostas alinhadas através de um planejamento é a maneira mais eficaz para ter a sua marca reconhecida de maneira correta. Vamos ao trabalho?